produtos baratos – Como conseguir produtos baratos para aumentar as vendas?

1

Produtos baratos – Como conseguir produtos baratos para aumentar as vendas?

Produtos baratos – Dois dos aspectos mais importantes para a lucratividade do revendedor em todos os setores do comércio são a qualidade e o preço dos produtos que vão ser colocados à venda. Uma compra bem feita pode até aumentar as vendas. Um alto custo de aquisição de mercadorias para a revenda é necessariamente repassado para o consumidor final, que corre o risco de perder sua competitividade e perder clientes para a concorrência.

É, portanto, essencial dominar as técnicas de compra e ter um fluxo de suprimentos otimizado, para garantir a lucratividade e a competitividade do negócio. Quer saber como? Então conheça agora mesmo nossas dicas e técnicas para a compra de produtos mais baratos e maximize sua margem de lucro:

Fale o mínimo possível

Um dos principais erros de negociação acontece quando o comprador revela detalhes estratégicos para os vendedores, que, por sua vez, fazem o que são pagos para fazer, aproveitando a oportunidade. E isso acaba resultando em uma negociação muito pouco vantajosa para o revendedor. Não se trata de se comportar de forma fechada ou ríspida, mas, sim, de medir bem as palavras e revelar apenas o estritamente necessário.

Pressione pouco

Vendedores já sabem que serão pressionados, principalmente em relação a prazos e preços. A busca pelo menor custo faz parte do negócio, mas se o cliente se excede nas exigências, pode deixar de ser lucrativo. O vendedor pode, então, considerar que a relação já não é vantajosa para ele e passar a atender outro público menos exigente e demandão.

A sensibilidade necessária para entender esse limite da negociação só vem com o tempo e a prática, portanto, é bom observar e aprender com o mercado. Um fornecedor satisfeito pode privilegiar o distribuidor com um histórico positivo, possibilitando o aumento da margem de lucro e um menor preço para o público final.

Busque alternativas

Um fornecedor com problemas significa problemas também para você. Previna-se, tendo sempre uma alternativa para um eventual fornecimento de produtos emergencial. Mantenha um bom relacionamento com todos os seus fornecedores.

E isso também vale para as estratégias de revenda e de público-alvo. Saber escoar estoque em determinadas situações pode reverter uma situação negativa, aumentando o capital de giro e melhorando a negociação de novas compras.

Evite ficar completamente à disposição do fornecedor. Ao contrário de você, o objetivo dele é alcançar o maior valor possível no produto negociado. Procure reconhecer quando uma transação não vai dar em nada e não hesite em partir para outra quando o cenário for desfavorável.

Por outro lado, fidelizar fornecedores também é uma excelente prática, que ajuda bastante em médio e longo prazos.

 

Pesquise muito

O revendedor deve pesquisar e conhecer bem o mercado de fornecimento dos produtos de que precisa. O momento do mercado, muitas vezes, traz do exterior oportunidades mais interessantes do que o produto nacional. Outras vezes é o contrário que acontece. É preciso estar informado, até para negociar com mais propriedade. Conhecer o segmento também fornece poderosas armas de argumentação contra fornecedores maliciosos, e pode ajudá-lo a sair de algumas furadas.

E então, ainda ficou alguma dúvida sobre as técnicas de negociação para preços de revenda? Quer dividir conosco suas próprias técnicas? Comente aqui e compartilhe suas experiências e ideias!

Seja um revendedor

 

maquina de recarga de celular

maquina de recarga de celular

Compartilhar.

1 comentário

  1. Pingback: 6 dicas para vender mais na Black Friday e agregar valor ao seu serviço! - Maquineta

Deixe o seu comentário